Novidades

Testes

Competição

História

Apresentação

Home » Apresentação, Novidades

Lançada a Honda Transalp, por 32 mil reais

Enviado por on 22 de Março de 2011 – 10:5252 Comentários


A Honda apresentou à imprensa especializada nacional a tão esperada Honda XL 700V Transalp. Com preço divulgado de 31.800 reais na versão standard e 34.800 reais na versão dotada de freios ABS, ela chegará às revendas no início de abril num lote de 450 unidades nas cores branca e preta.
Esta tão esperada moto é ainda um sucesso no mercado europeu, onde consta no catalogo da marca há mais de uma década, e sempre esteve na mente dos consumidores brasileiros por conta de suas características técnicas e dinâmicas.

Dotada de um robusto motor bicilindro refigerado a água incrustado numa ciclística on-off road, a Transalp é a típica motocicleta que não escolhe caminhos, e portanto adequada a uma diversa variedade de usos que, no Brasil, significa rodar em estradas de pavimentação ruim ou praticamente inexistente.

Lançada no mercado internacional em 1987 (!!!) em versão de 600cc, a moto que ora chega em nosso mercado é o derradeiro fruto dos sucessivos aperfeiçoamentos da Transalp, oferecida ao consumidor europeu no final de 2008.

Não perca as primeiras impressões ao guidão da tão esperada novidade na edição de MOTO! 196 (abril).

LEIA TAMBÉM:

52 Comentários »

  • ANTONIO AMÉRICO FILHO diz:

    Baita lançamento! Pena o preço estar ao nível das “quatrocilindros”, porém, com este preço, vai desbancar as V-Strom e Versys. Quem sabe não sobra uma redução do preço destas outras no embalo da “nova” Transalp.

  • Rocão diz:

    Moto bacana, mas com um que de requentada. Este farol redondo não combina com o resto. Tá no mesmo caso da G650 GS, já nasce precisando de uma plástica. Ainda assim, me parece mais atual que o trambolho da Varadero, que é igual um Saharão. Muitas vezes, menos é mais. De resto, deve ser diversão garantida.

  • Paschoal diz:

    Ótimo lançamento, pena que demorou tanto tempo, esta moto é tão fantastica que está em linha desde o começo dos anos 80!!!!! basta pesquisar na net estga versão que temos hoje deve ser a quinta de suas atualizações até que enfim. Paschoal

  • vicente diz:

    parece uma mistura de falcon e frente de titan…..a honda brasil bem q poderia fazer uma plastica…..mto feia….

  • Wellington Cassiano diz:

    Preço bom, design duvidoso, moto pesada (consequencia do projeto desatualizado, talvez?). Vai vender bem, afinal, a Hornet é horrorosa de cara e vende…Vai entender esse nosso mercado.

  • Estenio diz:

    Até que enfim!!! Mas esse design ultrapassado com farol redondo e espelhos retrovisores da XL do século passado são brincadeira. E a branca é muito feia com aquele tanque vermelho nada haver….
    Não entendi a informação de apenas 450 unidades.

  • marcus diz:

    ainda não me convenci continua achando bem atualizada e bem recomendada a versys em desing flexibilidade tamque suspensão e outros, não esqucendo que a xt 660 e as hondas são vitride para ladrão

  • Jerson diz:

    Mas uma antiguidade empurrada pela Dona Honda ao consumidor brasileiro, que como cavalo de carroça, não olha para os lados…

  • sergio diz:

    com todo esse atraso e design duvidoso, perde pra XT600, vai vender pra caramba, é o efito Honda no Brasil, compraria uma se desse.

  • Wellington Cassiano diz:

    Estenio, as 450 unidades são para a Honda ver se vende bem. Se não vender, são 450 infelizes que vão ter uma moto descontinuada…

  • americo diz:

    se yamaha lançar nova tenere 660 – honda vai levar uma surra……
    bmw g 650 modelo novo já lançado na europa com preço de 29 mil……..honda vai levar surra….. o destino transalp …….o mesmo da varadero não pega no mercado……cliente pode ser inocente e aceitar empurra de produtos antigos dos fabricantes….mas a vingança é não comprar……..

  • evaldo diz:

    Juro que não entendo a honda. temos no pais milhares de consumidores hávidos por uma naked média de 400,500cc por uns 20paus(uma cbf como a europeia injetada), e ela vem com uma JURÁSSICA de outro estilo a preço de ouro.

    • marco santana diz:

      De acordo com o ranking de emplacamentos Denatran de abril, a Transalp vendeu apenas 91 unidades. Bem longe do que a Honda previa, que era em torno de 400 por mês! Bem feito, afinal as concessionárias estão pedido 35 mil no modelo básico, enquanto a fábrica sugeriu 31,8 mil. Brasileiro não é besta e deve estar todo esperando uma queda do preço, o que vai ser inevitável, afinal, os modelos concorrentes vendem bem mais. Aposto que se as vendas continuaram tão fracas teremos promoção no fim do ano com Transalp a 29.900! Quem comprou por 35 mil vai ficar com cara de otário.

  • Ducati diz:

    Essa moto é velha, completamente ultrapassada.
    Se viesse por R$ 15.000,00 já estaria cara. Pelo preço que veio então, nem se fale.
    A Honda, Yamaha e Suzuki precisam tratar com mais respeito o consumidor brasileiro. E este precisa se dar mais respeito. Ficar mais exigente para início de conversa.
    A exceção é Kawasaki que aqui chegou sem a visão de que somos colônia.
    Todos os modelos da KAWA que tem na Europa e nos EUA também tem aqui. Escolheram o Brasil para o lançamento da Z-1000.
    Tomara que a Honda não venda e que o consumidor brasileiro perceba que é ele quem realmente tem a força.
    Abraço.

  • Paulo Gondim diz:

    Concordo com o posicionamento do Ducati. Pena que a Kawasaki não tenha rede de concessionárias Brasil afora. A Honda vende bem, porque mais antiga e com excepcional rede apoio ao motociclista em todo o país. Daí, trazer motos velhas e ultrapassadas, apesar de aparentemente boas. Te cuida Brasil, os olhinhos apertados estão bem abertos para esfolar os menos incautos.

  • Sergio diz:

    Esse farol redondo, hein? Pelo amor de Deus. Sou mais a V-Strom disparado.

  • SERGIO diz:

    PESSOAL, NÃO JULGUEM UM LIVRO PELA CAPA, ELA FOI FEITA ”PARA LONGAS E CONFORTAVEIS VIAGENS” QUAL A OUTRA BIG TRAIL COM 2 CILINDROS E FREIOS C-ABS QUE TEMOS NO BRASIL ? A HONDA PODERIA DAR UMA ATUALIZADA E COLOCAR SUSPENSÃO DIANTEIRA UP SIDE DOWN DE ALUMINIO, E 450 UNIDADE, É A META DE VENDAS MENSAIS, JÁ ENCOMENDEI A MINHA : PRETA COM C-ABS, UM ABRAÇO A TODOS.

  • Said Pedro diz:

    Lamentável mesmo é custar aqui 34,800 a versão com ABS, enquanto custa o equivalente a 21,000 em Paris (eu vi). Deve ser porque nós brasileiros somos mais ricos que os Europeus!!! E olha que aqui tem a Zona Franca com seus incentivos fiscais…. e salários bem inferiores aos pagos pela Honda na Europa. O mesmo se pode dizer a respeito do preço da SuperTénéré, lá custa o equivalente a 34,400 reais, aqui 59,800??? Nem se diga que o problema é de “escala”, já está provado que são vendidas mais motos aqui do que lá.
    Abraços.

  • nilton diz:

    Como pode uma moto antiquada custar tão cara, tudo nela é antigo ,tirando a versão com abs anunci custar 31.800 e nas revendas pedem 36990 sem abs ou 39990 com abs a honda tá de piada essa moto tem 20 anos.

  • manoel antonio silva pereira diz:

    Concordo plenamente com o Evaldo. O que o consumidor brasileiro precisa e quer são bicilindricas de 400 a 500cc estilo street (naked ou carenada,não importa)

  • Rafael Portela filho diz:

    Galera,
    Em concordância com tudo já escrito por aqui, tenho mais um pequeno comentário: guidão e punho da Tornado??? numa moto de 32 mil??? Acorda Honda !!!!!!!!!!

  • ceccoto diz:

    O lance é o seguinte. A Transalp é tudo isso ai de ruim que vcs falaram, mas tem um jeitão de moto pau pra toda obra. De moto confiável. Parceira de estrada.

    O que a Honda tem de concessionária.. parece agência do banco do Brasil. Agora o cara vai lá e compra uma Versys… se quebrar no estradão… tu tá ferrado… vai ter que rebocar e pagar uma baba pq não tem concessionária nem depois da igrejinha. Na hora de revender.. Kawa e Suzuki viram sucata.

    Então não é só o preço, o espelhinho ou farol… tu paga pra ter valor de revenda e tranquilidade na estrada.

    • samuel diz:

      Bom tenho uma kawasaki versys viajo muito com ela… estou muito satisfeito com o conforto dela!!! a dificuldade da honda é o seguro alguem conhece algum seguro barato dessa marca? a minha pago 2.500 com guincho com limite de 1mil km… se quebrar da para achar uma concessionaria…. tenho grande tranquilidade na estrada!!!!

  • orlandoschnaiderjunior diz:

    ola!
    acabei de comprar uma versys com abs,
    estou muito contente com o estilo de pilotagem e conforto dessa moto.
    tambem não concordo com quem fala de desvalorização das motos kawa,yamaha e suzuki,
    porque tive 2 hornet uma 2007 e outra 2009 tirei as 2OK só perdi 8.000,00 em cada uma, pra você ver ceccoto.
    quem quer ter moto grande é isso mesmo perde muito dinheiro ok!!!

  • Michael diz:

    Uma moto fantástica vista pessoalmente… Pela tragetória dessa Translap na Europa, dever ser muito confiável!!Uma pena a Honda pecar em detalhes bobos e colocar peças simples como os manetes!!! Aqui em Curitiba uma com ABS tá saindo por 18 Mil…

  • Halvarus diz:

    Olá!
    Realmente o custo dela não é dos melhores, mas, se a compararmos com a XT660, V-Strom 650, Versys 650 e a G-650 S, ela não perde em nada!
    Com certeza se não é o melhor, é no máximo a segunda na relação.
    Tudo o que as outras tem, ela também tem ( injeção, C-ABS etc. ).
    Já o problema de preço que o noso amigo Said Pedro comentou, é culpa exclusivamente da nossa carga tributária ( com ou sem Manaus ).
    Este problema nós temos em TUDO, carros, motos, linha branca… absolutamente TUDO.
    Com relação ao design, nada a comentar cada um tem seu gosto, o engraçado é que meteram o pau quando tiraram os faróis redondos… vai entender…
    É sim uma moto muito boa, e é a mesma que é vendida na Europa.
    AbraçO!

  • Luiz dantes diz:

    Todo mundo fala mal desta moto com mais de 20 anos.
    Mas as revistas especializadas só elogiam. PORQUE SERÁ?

  • Nicolas diz:

    Linda essa moto, vi uma hoje roncando bonito na rua. Ela tem um som que é musica para os ouvidos. Os únicos pontos negativos: aquele protetor de mão ultrapassado, retrovisores que parecem ter saído da antiga Biz e o tanque de apenas 17L. No mais, uma jogada de mestre da Honda.

  • americo diz:

    Honda divulgou que a intenção é ser lider do segmento trail com lançamento da transalp………… como será que estão as vendas???????????

  • Hamilton diz:

    Tenho uma com c-abs, rodei 1.500Km.Concordo com as críticas sobre os pontos negativos..farol, retrovisores, punhos etc.Poderiam ser mais bonitos claro.Mas possuem uma funcionalidade de veículo militar, a visão dos espelhos é ótima além de não vibrar, o farol ilumina muito bem, vai bem na terra e asfalto(Bom ou ruim).O motor empurra bem já a partir das 2.500 rpm em quinta, anda fácil a 150Km/h de cruzeiro.Versatilidade 10.

    • jose ubaldo afonso de melo diz:

      Hamilton boa tarde, tenho uma trasalp mais observei um grande incomodo, a minha moto num transito engarrafado o motor fica muito quente e todas as vezes que chega aos 101graus o ventilador dispara, só que o vento é muito quente e vai direto para as pernas, isso chega ao ponto de inviabilizar o passeio num dia de sol na praia, dá para o amigo me ajudar informando como trabalha a sua. grato Ubaldo

  • WELLINGTON COSTA diz:

    Máquina!muito confortável e boa de curva mais o Farol redondoe os espelhos retrovisores de XL ficou orriveis.

  • Paulo Almeida diz:

    Gostei da reportagem e dos comentarios, as opinioes de cada um, muito me interessou, porque eu tenho uma Hornet 2008, perdendo dinheiro a cada ano e se ficar com ela mais um ano a perda sera pior ainda, e fui a uma concessionaria aqui de Florianopolis, alias, duas concessionarias, uma me avaliou a Hornet em 24.000,00 e a outra em 21.000,00 e minha moto esta apenas com 15.000 kms, tirei zero, cuido bem da mesma, tenho 50 anos e nao sou de esmerilhar, mas estao jogando baixo, para trocar por uma Transalp, me pediram a volta de R$11.000,00!A Transalp aqui esta em R$34.500,00 sem ABS.
    Nao fiz negocio, estou ouvindo as opinioes e decido isto depois.
    abraços

  • Claiber Henares diz:

    É uma grande e pesada moto com a suspensão da Falcon assim não da…

  • marco diz:

    Me parece mais um falcon melhorada, so quando as vendas diminuiram no mercado europeu, resolverm traze la para o Brasil, por que ?

  • Já estou de olho nessa criança “Transalp”
    Nós consumidores pareçe que adoramos essa situação.
    Isso a Honda já sabe faz tempo.
    Quem mandou votar no Tiririca!.
    A Honda 125cc Brasil.
    Muito tempo passou e pouco se mudou.
    Já tivemos xl250,xlx350,sahara,falcon,xre300, mesmo assim a Honda vende pra K7.
    Transalp 20 anos atrasada, significa que nosso mercado sempre esteve atrasado.
    É quanto o povo tem pra gastar, é quanto colocam de mercadoria nas prateleiras.
    É claro existem exceções nem tudo está perdido.
    Hoje é diferente, bem diferente.
    Transalp tão antiga que faz frente com grandes novidades “DL x Versys”
    Imaginem se viesse grandes mudanças e novidades, a que valores viria?
    Ducatti multi-strada, KTM, GS1200Adventure, XTZão 1200 Yamaha, não tenho cacife prá isso.
    Passado sou eu a procura de uma moto que melhor atenda a minha real necessidade.
    “Estou de olho nessa criança”

  • Flávio diz:

    Pode ser “antigona”! Mas é atualizada.
    Quanto ao farol, tem gosto para todos os estilos. O que importa é que funciona bem.
    O que disseram nos depoimentos: honda tem “lojinha” em todo esse Brasil… Isso faz diferença…

  • RUBENS ARAUJO NETO diz:

    JÁ VINHA NAMORANDO DESDE SEU LANÇAMENTO NO BRASIL A TRANSALP, PASSEI A PESQUISAR ENTRE AS OUTRAS CONCORRENTES, VERIFIQUEI QUE A TRANSALP SERIA A MELHOR ESCOLHA A SER FEITO. ADQUIRI RECENTEMENTE UMA TRANSALP NA “MOTO MAIS,LOCALIZADA NA AV. PRESIDENTE KENNEDY,694 EM PEIXINHOS, OLINDA-PE, POREM ME ESQUECI DE PESQUISAR A REVENDEDORA, INDO PELO PREÇO EXPOSTO DE R$36.500,00 E EM NEGOCIAÇÃO FICANDO POR R$35.000,00, ACREDITEI PELO PREÇO, SER COM FRIOS “ABS”, AO RECEBER A NOTA FISCAL, PARA MINHA SURPRESA Ñ ERA, OU SEJA, UMA MOTO QUE CUSTA R$33.000,00 FOI VENDIDA POR R$35.000,00.
    GOSTARIA QUE A HONDA OBSERVASSE MELHOR OS SEUS REVENDEDORES.

  • jose ubaldo afonso de melo diz:

    comprei uma transalp mais não estou gostando, a temperatura do motor num transito engarrafado sempre chega a 100graus isso faz com que o ventilador do radiador fique sempre em funcionamento e o pior, jogando o vento quente para as pernas do piloto, chegando ao ponto de ter que andar com bota ou calça para poder aguentar. Gostaria de saber de alguem que tem essa moto se tem esse problema.

    • Thiago Daniel diz:

      este problema tbm está me incomodando, ubaldo! seu post é um pouco antigo…….. vc já resolveu esse “problema” da sua moto?
      estou há apenas 03 dias com minha transalp e a minha tbm está assim……. se pega um pequeno trânsito, a temperatura chega a 100, 105 graus….. não chega a ser um incômodo para mim, apenas me deixou preocupado e gostaria de saber de alguém que tenha experiência nela se isso é normal…
      um abraço!!!

  • jaime diz:

    A transalp é perfeita. Quem disse que farol quadrado ou retangular são mais bonitos que redondos, não percebe que tudo é uma questão de gosto. Ela é uma moto muito bonita e robusta,própria para quem gosta de modelos assim. Já fiz dois testes drives e verifiquei que tem tudo de bom. Estou adquirindo a minha daqui a uma semana. Tem cara reclamando que a 180km/h ela vibra. Pô, quer andar nessa velocidade compra um avião.

    Estou comprando de uma marca que conhece o Brasil e suas estradas, que fez adaptaçoes modernas em uma moto que já tem mais de vinte anos de sucesso comprovado. Não sei se sabem mas nas estradas da Europa nao encontramos nem remendos nas estradas, quanto mais buracos (zero). Ficam comparando os preços daqui com os da Europa mas não lembram que os carros também são mais baratos, computadores e tudo o que é eletrônico tambem são mais baratos e que isso é um problema político devido aos impostos daqui que sao altíssimos.

    Recomendo a transalp, como também a Versys, a V-strom, a XT660. Tudo é uma questão de gosto. Eu queria uma Yamaha Superteneré 1200cc, mas meu dinheiro não dá. Agora se seu dinheiro não dá para comprar a transalp, não critique só para soltar veneno, continue com sua Falcon e viva feliz.

  • vanildo rafael diz:

    acabei de adquirir uma trasalp achei chique d + consegui comprar por 34800,00 com abs dei 17400,00 de entrada mais 18 parcelinhas deb 996,00 e caro e claro mais vale um gosto do que dimdim no bolso ,aprovei comfortavel e anda pra caramba ja tive falcon mais essa e de dar inveja,antes de criricar faca um teste driver vcs vao gostar pois e muito linda e pratica grato e fique com deus

  • Miguel diz:

    Caros,
    o pessoal anda lendo muito revista especializada, que só fala bem de moto para profissional e especialista metido a sabido.
    QUndo quebrar, chame a [editado], para te rebocar na estrada.
    A XT nova continua com o mesmo motor velho e trepidante, não freia e continua o mesmo liquidificador.
    A BMW remodelou mas continua dificil de negociar, alem de ser MONO ainda, em pleno 2012.
    A Versys quer fazer de tudo, mas só anda no asfalto, não é TRAIL, deve ser comparada com moto similar, nesse caso prefiro a BMW FR800, moto de gente e moderna.
    Trocar protetor de mão de 100 reais e retrovisores é o de menso, quero ver trocar de MOTOR.
    abraço

  • Rohger diz:

    A 1630 quilômetros atrás, eu comprei uma Honda Transalp 700, estava a procura de uma moto para as estradas do centro-oeste brasileiro. Minha primeira opção foi a BMW 660, sugerida por um amigo, porém, li muitos comentários ruins a respeito da vibração. Segunda opção foi a XT 660, cheguei no distribuidor Yamaha da cidade e perguntei ao vendedor sobre a XT660, o vendedor foi até o gerente que sua sala gritou: faço 30 mil pra você, como, a princípio, meu interesse não era o preço, dei as costas e fui até o distribuidor Honda para avaliar uma CB300 e conheci a Transalp.
    De moleque eu gostava muito da XL250, aquela de cor laranja. Tive pouco contato com a Falcon, que era muito boa, andei muito com uma Tornado, mas a Transalp é espetacular.
    Espelho grande, farol redondo e protetor de mão estranho, são critérios estéticos pessoais, mas a funcionalidade destes itens é muito boa. O projeto é antigo, sinal que deu certo, esta moto já ganhou várias edições do Paris/ Dakar, será que é mesmo ultrapassada?
    Motor com dois cilindros, não percebi vibração aos 180, percebi um motor forte que suporta com facilidade uma velocidade de cruzeiro de 150 Km/h.
    Freio ABS muito eficiente, segura nas curvas e confortável nas retas.

    Quanto ao preço, eu gostaria de lembrar que todos os anos o brasileiro trabalha até o dia 25 de maio, só para pagara impostos, logo, a culpa não é só da Honda, é também do povo acomodado, que paga para reclamar, mas isso é outra coisa.

    O que me desagradou um pouco foi o problema também citado acima, da temperatura do motor em baixa velocidade, esquenta demais as pernas e o ventilador joga todo o calor para o piloto.

    Como sugestão, acho que caberia uma marcha a mais, bem como um indicador de marchas digital, como tinha a na Tornado, tem espaço no painel.

    Abraço.

  • Alexandre diz:

    Boa tarde Galera.
    Comprei uma Transalp 2011 Preta (linda por sinal) em Outubro de 2011. Esta atualmente com 2.100 km. A moto é FANTÁSTICA. O motor é excelente, forte e atinge 190 km/h na final.
    A moto é super estável em alta velocidade. É claro que não comprei ela para andar nessa velocidade, só fiz um testezinho para ver a quanto ia. Gosto de passear (entre 100 e 150 km/h) que ela vai brincando. de 0-100 km/h ela leva em torno de 5 segundos. É um canhão. Tive Falcon e XRE 300, mas não dá para comparar. Se quizerem moto para correr, procurem uma naked ou esportiva (ta aí a CBR 100 e a Nova Hornet 1000). A TRANSALP é para viagens e passeios, e nesse quisito, duvido de outra igual em conforto. O Piloto e passageiro não cansam devido a excelente posição em que ficam ambos. Dizer que a moto é ultrapassada é coisa de quem não tem condições de comprar uma, pois é uma moto com muita tecnologia e foi totalmente reformulada em 2008. Painel digital, injeção eletrônica, tudo o que tem nas motos mais modernas. Por causa do nome que é de muitos anos atrás, não quer dizer que a moto seja ultrapassada. É o mesmo que acontece com a moto Ninja, que está no mercado a mais de 20 anos e ainda é uma moto excelente e muito desejada. Quem estiver em dúvida, pode comprar que não vai se arrepender. BAITA MOTO. Grande abraço.

  • Amaro Rocha diz:

    Obrigado aos confrades, recentes donos de Transalp, que acabaram por passar suas impressões sinceras e sucintas sobre esta maravilha de máquina. Penso em adquirí-la logo, e de todos os relatos, a média que obtive sobre a Transalp, se resume no que Alexandre ou o Rohger disseram. VAI SER A MINHA MOTO, logo logo!

    Essa moto é o meu perfil. Quero uma madurona.

    Abraços!

  • Silvio diz:

    Alguém ai poderia dizer quanto pagaram no seguro?

Deixe um comentário

*