Novidades

Testes

Competição

História

Apresentação

Home » Novidades

Dafra Next 250: novidade a bom preço

Enviado por on 28 de Março de 2012 – 20:2546 Comentários

 

Dafra Next 250Em parceria com a taiwanesa SYM, a DAFRA apresentou hoje em Taipei sua nova street naked, a Next 250. Para tal ocasião, um seleto grupo de jornalistas brasileiros foi convidado para conhecer o país de origem da Next e também do Citycom 300i, o grande scooter da Dafra que já é vendido no Brasil com sucesso desde meados do ano passado. Entre as principais características da Next 250 – moto que já havia sido mostrada ao público brasileiro no Salão das Duas Rodas realizado em final de 2011 na cidade de São Paulo,  vale destacar a refrigeração líquida, o câmbio de seis marchas e o freio a disco traseiro.

Dafra Next 250
Display digital com iluminação azul em LED

Todavia o aspecto mais forte da novidade foi o preço anunciado: R$ 10.190, nada menos do que mil reais menos do que o preço sugerido de sua principal rival, a Yamaha YS 250 Fazer, e R$ 1.500 menos que a Honda CB 300R. Segundo a DAFRA, o motor de 249,4 cm3, monocilíndrico, com sistema de injeção eletrônica, gera 25 cv de potência a 7.500 rpm e torque de 2,75 Kgf.m à 6.000 rpm. A Next 250 deve chegar às concessionárias na metade do mês de abril nas cores pérola, vermelha e preta. Em breve, traremos as primeiras impressões ao dirigir do novo modelo da Dafra.Dafra Next 250

Especificações técnicas

Altura 1.050 mm
Largura 790 mm
Comprimento 2.005 mm
Distância entre eixos 1.335 mm
Altura mínima do solo 150 mm
Altura do banco 790 mm

Peso em ordem de marcha 173 kg

Motor
Tipo Monocilíndrico, 4 tempos, SOHC, Refrigeração líquida
Disposição do cilindro Vertical
Diâmetro x Curso 71 x 63 mm
Cilindrada 249,4 cm3

Potência máxima 25 cv @ 7.500 rpm
Torque máximo 2,75Kgf.m @ 6.500rpm
Sistema de Injeção (tipo) Keihin
Combustível Gasolina comum

Chassi
Tipo Diamond

Suspensão dianteira
Tipo Telescópica
Curso 110mm

Suspensão traseira
Tipo Braço oscilante

Curso do amortecedor 125 mm

Rodas Liga leve 17”

Freio dianteiro
Tipo Disco com duplo pistão
Diâmetro 260 mm
Acionamento Hidráulico
Número de pinças 01 com 2 pistões de acionamento

Freio traseiro
Tipo Disco
Diâmetro 220 mm
Acionamento Hidráulico
Número de pinças 01 com 1 pistão de acionamento

Pneu dianteiro
Medida (mm) 110/70-17

Pneu traseiro
Medida (mm) 130/70-17

Transmissão 6 velocidades

Tanque de combustível
Total (com reserva) 15 litros
Reserva 2 litros

LEIA TAMBÉM:

46 Comentários »

  • Billy Abrantes Nobrega diz:

    Esta moto é ¨tipo ¨uma moto nacional???

  • A Dafra deveria lançar esta moto com versão carenada. A Roadwin é mais fraca e parece ter acabamento inferior a esta. Seria não existe no mix da SYM a versão com carenagem, a Dafra teria uma moto desenvolvida exclusivamente para nosso mercado, o que ainda seria uma bela ferramenta de “marketing”.

    • jair diz:

      Um conhecido meu tirou uma aqui na minha cidade, a moto e muito bonita mesmo, so que de tanto a galera seca ela, ele levou um capote com ela, num estragou muito nao, farol, painel, tanque pouca coisa, piscas, paralama traseiro, rabeta traseira, rabeta e o tanque de combustivel da pra recuperar de boa. Valor do orcamento por baixo, mais de 5.000,00.

  • Rocão diz:

    Sym pode ser boa, vá lá, mas por R$1000,00 deixar de levar uma Yamaha, acho uma temeridade. Motos são bens duráveis, supõe-se. E as Daelim primeiras, marca à qual a Dafra se associou, simplesmente derreteram aqui na minha região depois de ter vendido uma pancada. Tinha que custar uns R$8000,oo no máximo. A Comet 250 é mais barata e quaaaaaaaaase confiável. Afinal, o que é Dafra? Sym, Daelim, um amontoado de peças, sei lá mais o que.

  • mauricio carmello diz:

    A moto é linda e deve ter um acabamento excelente, considerando que a empresa SYM produz também o Citycom. Para julgar este novo produto trazido pela Dafra, não podemos comparar com produtos anteriores de fabricantes chineses. Me parece que ésta moto vai entrar em nosso mercado para sacudir a concorrência. A CB300 muito cara e cheia de plásticos (feinha), a Fazer, tem melhor custo\beneficio, mas não inova, prá variar a Yamaha não se mexe, vamos ver agora….

  • RICARDO SOUZA diz:

    JÁ COMPREI A MINHA NA LOJA DO SHOPPING ARICANDUVA, (COMPRA RESERVADA) PARA RETIRAR DAQUI A 15 DIAS. OBS: ELES TEM UMA NEXT EM EXPOSIÇÃO NA COR VERMELHA, EU PREFERI COMPRAR A BRANCA. R$ 10.190. IMPRESSIONANTE A VIBRAÇÃO MÍNIMA DA MOTO, NÃO LEMBRA NADA A CB 300 QUE VAZA ÓLEO E BATE CORRENTE COM MENOS DE 1000KM.

  • Wellington Cassiano diz:

    Precisou a Dafra fazer o que Honda e Yamaha consideram inadequado para o mercado brasileiro: uma 250 utilitária, de excelente design e com refrigeração líquida. Confesso que depois da CB 300 achei que a Yamaha fosse dar o troco à altura, com a refrigeração líquida…

  • Ferreira diz:

    Se a Dafra ainda tem um longo caminho a percorrer, para que o público aceite os produtos dela, todavia já está melhorando aos poucos, o sucesso depende somente dela. As as peças para manutenção e reposição serão compradas diretamente na concessionaria, se fizer um preço acessível ao público, fará muito sucesso, somente assim o pós venda irá melhorar a imagem negativa da Dafra no mercado. A citiycom e apache estão aí para demostrar que a mudança já está acontecendo.

  • Felipe Américo diz:

    Finalmente o passo que a Dafra precisava para concorrer fortemente com as gigantes. Questão de tempo até vender milhares como vendeu a Apache!

  • Htec diz:

    Galera, fala a verdade, quem se lembra da Speed, Kansas e demais lançadas em 2008 tem toda a razão de desacreditar na dafra, digo isso por que tive uma Speed e minha experiência não foi lá muito boa. Mas olhando pra Apache, Riva, Citycom e Smart percebemos como a dafra evoluiu, todas as parcerias foram muito bem feitas, e sem sombra de dúvidas, os produtos dafra/parceiras são de muita qualidade, e na minha opnião, muito melhores que as motos comercializadas por outras marcas com anos no nosso mercado. Pra mim vale a pena comprar uma Next com um preço bem inferior e mesma qualidade (senão superior) que as demais comercializadas no Brasil.

    Agora o que eu queria mesmo da Dafra era uma Motard ou um Trail, ai sim, a Marca se estabilizaria totalmente em nosso Brasil.

  • Jony diz:

    A moto é bela.
    Estava esperando pra ver se a dafra iria ou não, lançar a moto por aqui.
    Em breve vou trocar de moto, e estava esperando pra ver o produto, o qual gostei muito. Sou amante da Yamaha, mas vejo que a dafra trouxe um bom produto. E ela é linda . Parabens a dafra, é disso que o nosso mercado está precisando.
    E viva a motocicleta!!!!!

  • Leonardo Fernandes diz:

    gostei muito do visual desta NEXT e acredito que ela nao é
    só mais uma chinesa e sim uma chinesa de qualidade.
    dei uma olhada nela no salao.
    é linda e com um acabamento excelente, bem como a qualidade
    dos materiais empregados em sua construçao.
    e além disso, ela é do mesmo fabricante da Citycom.
    acho que o preço sugerido teria que ser abaixo de 10000 reais,
    por questoes de marketing.
    aliás, a Dafra está no caminho certo,escolhendo a dedo
    seus produtos.
    só nao entendo pq até hoje ela nao trouxe uma scooter de 125cc
    da SYM,a fabricante da Citycom.
    ela possui em sua linha varias scooters de 125cc com porta
    capacete e visual muito melhor do que a feiosa da Smart,que vende
    a conta gotas.
    suas vendas nao passam de 150 unidades/mes contra umas 500/600
    da Burgman 125 e umas 1800 Lead……

    • Henrique diz:

      Não adianta ficar falando aqui um monte de baboseira se vc não cochece a moto. A moto dura conforme o cuidado do dono. Tenho amigos em Taiwan que tem a mais de 1 ano a moto, ja passaram de 25000 km e até agora nada, a moto tá zerada! Se vc não cuidar bem, não interessa a marca, vai quebrar.

      • ricardo diz:

        como ainda não conheço a next, prefiro a fazer 250cc, porem prefiro a next do que a cb 300cc, rsrsrs… na real pessoal, provavelmente essa next vira com alguns problemas em suas primeiras unidades, talvez alguma pani eletrica ou pós venda ruim (coisa que com o tempo é facil resolver), para tanto é bom lembrar que se essa moto conseguir regular a lenta depois do 15000km rodados e não vazar oleo pelo cabeçote, ja esta de parabens, afinal ainda vai estar bem melhor do que a porcaria mais vendida aqui no brasil dessa categoria.

  • Tiago diz:

    Concordo com o amigo Henrique. Por pior que seja a qualidade da moto, se cuidar, ela dura. Ainda mais com uma moto de qualidade como esta.

    Corrigindo o comentário do amigo Leonardo Fernandes, ela não é chinesa, mas sim Taiwanesa.

    Eu fiquei muito, mas muito interessado na moto, como vou trocar de moto esse ano, vou fazer um teste drive. Resta saber se a Dafra vai melhorar a situação do pós venda, e ter peças de reposição.

    Abraço a todos os amigos motociclistas.

  • André diz:

    Esse produto é de excelente qualidade, afinal é taiwanês e não chinês propriamente dito. Se tivesse no mercado antes, eu não teria comprado a CB 300. Contudo foi bom como “up” para outra marca!
    Vamos ver oque a honda e yamaha vão fazer…

  • arquimedes diz:

    eu vou querer uma dessas p/ mim , tenho varias maquinas mecanicas chinesas e custa 3 x menos q as nacionais , no começo foi meio duro + agora peguei o jeito delas e jais p/ as nacionais

  • Wellington diz:

    Este site está mais devagar que o Massa e o Barrichello juntos.

  • Marcelo diz:

    Ela é muito bonita. Mas a principal dúvida é quanto à durabilidade do conjunto motriz. Sugiro um 24 horas seguido de um longa duração pra atestar a resistência. É só o que falta pra deslanchar as vendas.

  • evaldo diz:

    achei estranho esse torque de 2.75 num motor 250, mas enfim é bem vinda, viva a concorrência. É esperar pra fazer um teste driver e conferir se alem de linda anda bem e te durabilidade.

  • garag diz:

    fiz o teste driver,ja tive cb300 enem compara com o silencio da sym,a moto vibra pouco,nao possui nenhuma cascaveu te seguindo e anda mais que a fz 250 ,o freio nota 8 ,comparada com a 300 e muito mais moto,esteticamente muito linda,negativo dela e so o curso da direçao que vira menos que as outras, mas saiu muito bem no transito de bh ,o preço podia melhorar p uma moto novidade ta cara

  • Htec diz:

    Galera, estou comprando a minha e devo pega-la por volta do dia 8 de maio. Alguém ai já fez o cálculo do consumo? Segundo divulgado pela própia SYM, a versão europeia faz em média 41 km/l, só que mantendo velocidade constante por volta de 50 km/h. Acho que com a nossa Alcoolina ela deve fazer uns 30 a 32 km/l. Se alguém fizer o cáu=lculo, posta aqui pra galera saber.

  • riva araujo diz:

    è isso ai Dafra parabéns… next 250 e tecnologia, estamos vendo um grande começo essa moto tem tudo pra dar certo e dar um grande trabalho as concorrentes que não se meche pra nada. E a parceria com a SIM foi de ótima escolha a SIM é muito forte no esterio (europa)onde as exigencia e qualidade são muito grande, só falta a Dafra se mecher com as reposição de peças, vamos esperar pra ver e embreve compro a minha.

  • Anselmo J. Dias diz:

    A REVISTA DA MOTO! M! é a melhor revista sobre duas rodas do Brasil, pela sua imparcialidade e honestidade. Parabéns!

  • Fui ver de perto ela a qui em Fortaleza!Ta vendendo bem,ta saindo a vista por R$ 10,350.00,muito linda a moto,motor silencioso,bem chamativa, preta nem se fala. oVendedor disse que ela faz na faixa dos 27 a 30 Km/ litro.

    • Ronaldo bauru diz:

      acabei de ler o comparativo entre as 3 e a primeira frase diz tudo. é UMA E outras. a dafra next 250 é em tudo superior as outras duas, que vazam e tem motor barulhento, como ja tenho uma NEXT, posso dizer que os “DEFEITOS” que a revista apresentou, como pouco esterçamento e freios deficientes , posiçao de dirigir pior q as outras duas , sao mais pra dafra next nao ganhar disparado das véiazinhas para nao desagradar tanto assim. fora que os preços praticados pelas “consagradas e adoradas” nunca sao cumpridas pelas rede, cobrando mais frete etc. aqui em bauru, a cbomba custa 12800 e a fazer 11900 e a dafra eu paguei 10190 exatos e ainda ganhei o capacete.
      a minha é preta e sem duvida, ate seu lançamento, ninguem imaginava uma moto atual e linda como essa por esse preço.
      outra coisa,, fiz 27 km p litro na estrada a 110 120 com conforto, sem vibraçao e sem procurar a sexta marcha…

  • Welton diz:

    Acho que a maioria do pessoal que está criticando a Next, se quer chegou a testá-la.

    Eu tenho uma Yamaha Fazer 250 Limited Edition 2007/2008. Hoje pela manhã testei a Next, e ela me surpreendeu! O que mais me agradou foi o conjunto de freios, torque, 6ª marcha, maneabilidade e sem sombra de dúvida nenhuma o preço extremamente atrativo! Pensei que apenas a Fazer era tão fácil de guiar.

    Estou pensando seriamente em trocar a minha Limited 2007/2008 velha de guerra em uma Next.

    Aqui em minha cidade ela está saindo pelos R$ 10.190,00 sugeridos, algo surpreendente, porque tanto a Fazer quanto a CB300 saem pelo menos R$ 2.000,00 a mais que o preço sugerido.

    Ponto pra Dafra!

  • wiliam sa ntos diz:

    fiz o teste drive, fiquei surpreendido tem a pegada da twister até mais forte super façil de pilotar e nawm bate corrente nem nada ja to vendendo minha 150 para comprar uma !

  • andre diz:

    esta next250 ela e boita motor moderno ten refrigerasao liquida
    mas motor a sim tenqui sempre ficar de olho no nivel de agua coiza que a fazer250 e cb300 nao pressisa e se deichar sem agua vc fundi o motor .nao e aunica 250 com 6marcha a antiga twister era 6marcha. sera que a next250 anda melhor do que a FAZER250 e a CB300 que praticamente as duas andao igual.

  • italo diz:

    alguem sabe informa sobre o consumo da next 250???
    abraço

  • Rocão diz:

    Testei a Next. Achei o motor muito legal, empurrando bem e com baixo índice de vibrações. A moto é bonita e aparentemente bem acabada para a faixa de cilindrada. Achei que ela fecha um pouco nas curvas, mas nada que não se acostume. Só não gostei do câmbio, que entra fácil a primeira e as outras subindo as marchas, mas exige força no pé nas reduções. Com uma diferença na cidade de Montes Claros de 28% a mais para a Fazer e 35% a mais para a Honda, vai incomodar a concorrência.

  • marcelo de paula lima diz:

    Gostaria de parabenizar a revista Moto! pela imparcialidade no teste da next contra a concorrência, pois a revista duas rodas se posicionou de forma ridícula queimando a moto da Dafra descaradamente, é fato consumado que a next superou a fazer, a cb 300 e comet, tanto em matéria de técnologia, preço, beleza, desempenho e etc.
    Agora resta a honda, yamaha e kasinski correrem atras do prejuízo.

  • Kadu diz:

    Concordo com Henrique e Thiago em todos os pontos e estou QUASE fechando uma Next pérola para mim, e será a minha primeira moto de street.

    O único infortuito é essa questão de reposição de peças e assistência, pois aqui em Salvador contamos apenas com 1(uma) concessionária, e isso me deixa ainda muito inseguro…

    Pesquisei em vários hotsites e fóruns, e só me falta a coragem, pois como Ricardo abordou, problemas com certeza virão por se tratar do modelo “iniciante”…

    Abraço a todos.

  • dayvson diz:

    perfeita!!!sou YAMAHEIRO ate debaixo dagua!!ate o lançamento da next,não queria nem ouvi falar em outra marca… honda??,,vixxx sei nem uq eh isso!! com essa moto a dafra me conquistou,,agora so existe 2 marcas pra mim! espero que a honda tome vergonha na cara agora!! 30 anos manipulando o mercado brasileiro com essas motos malacabadas… mas as coisas estão mudando… não brinque não dona honda!!!kkkk

  • jair diz:

    Galera, quem tiver com vontade de comprar vai fundo e compra, mas ve se nao judia muito da bichinha nao, porque no ano que vem eu compro uma usada, num vai valer nem cinco mil Reais mesmo ai eu arrisco a comprar uma. Preço de CG velha mesmo se der pau nao tem problema nao. E isoo ai, comprem, comprem, comprem.

  • ADRIANO CAJATI diz:

    ACABEI DE CHEGAR DE VIAJEM COM MINHA NEXT VERMELHA, SEM DUVIDAS E UMA MOTO MARAVILHOSA CHEGUEI AOS 140 E SEM NENHUMA VIBRACAO COM CERTEZA SERA A MOTO DO ANO SEM CONTAR QUE FEZ MAS DE 30 POR LITRO

  • geraldo diz:

    eu ia comprar uma cb 300 mas quando vi a next 250 mudei de ideia ja fis o meu pedido ela chega no final de julho antes do meu aniversario

  • Lobo diz:

    Pois é… motos naõ são times de futebol para se torcer por uma delas. Eu, por exemplo, experimentei todas e optei pela Apache, O motivo ? Achei a mais confortável, especialmente para quem vai na garupa ( no caso, minha mulher ), muito bonita,com um porte mais altivo, e tecnologia Indiana ( A índia, para quem não sabe, é top em tecnologia e ciência ).Agora… a questão da durabilidade e adequação as nossas esburacadas ruas é o que vamos ver com o tempo. De qualquer maneira, eu não comprei a moto para “ralar” e trato sempre minhas motos ( atualmente tenho um suzuki ) com se fossem delicadas moças, reviso periodicamente, e na minha opinião tanto motos como carros tem, hoje, tecnologia muito similar e se bem cuidados naõ oferecem maiores problemas. Portanto, o que mais vale é andar na moto e ver se ela está bem para sua altura, seu peso, e seu gosto estético….no mais …é comprar mesmo !

  • raymison diz:

    Bom galera…eu vi esta moto agora e me apaixonei…
    de cara ja pedi uma que chega daqui a 20 dias e a minha unica preocupação e com a reposição de peças mais quanto a isso os funcionarios da DAFRA falaram que nao ia ter problemas…
    se ela for duravel como é linda não vamos ter problemas…

  • eder diz:

    Atualizando hoje,dia 11/11/2013

    Moto:Next 250
    Km atual: 12.982
    Maior velocidade alcançada: 140 com garupa, 151 sem garupa
    Maior distância: Porto Alegre-Rivera-URU,1100km ida-volta.
    Consumo médio: 27km/l.
    Problemas apresentados: 0
    Consideração final: RECOMENDO.

Deixe um comentário

*