Novidades

Testes

Competição

História

Apresentação

Home » Novidades

DUCATI PANIGALE S SENNA, R$ 100 MIL

Enviado por on 28 de Abril de 2014 – 17:023 Comentários

ducatti_senna_1

Após a apresentação no Salão Duas Rodas de 2013, a Ducati do Brasil revelou hoje, 28 de abril de 2014, o preço da mais exclusiva entre suas motos atuais, a 1199 Panigale S Senna. Baseada na Panigale S, a versão feita em homenagem ao piloto Ayrton Senna terá apenas 161 unidades produzidas, cada valendo R$ 100 mil. As as encomendas já podem ser feitas nas concessionárias ou pelo site nacional da marca.

ducatti_senna_3

Em relação ao modelo sobre o qual se baseia, a 1199 Panigale S, a versão Senna recebe pintura exclusiva, mais partes de carbono e uma inscrição do número de produção. Por tudo isso, cobra-se R$ 5 mil reais a mais, um valor muito aceitável levando em consideração que séries limitadas frequentemente agregam valor com o tempo. O número de unidades que serão fabricadas foi definido de acordo com os 161 GPs disputados pelo piloto na F1. Um comprador não identificado já reservou quatro unidades. A moto terá produção e vendas apenas no Brasil e a quantidade produzida será inferior à da moto mais cara da marca, a 1199 Superleggera, que contará com 500 unidades globais.

ducati-1199-panigale-s-senna-01

Esta não é a primeira vez que a marca italiana lança uma versão em homenagem ao piloto brasileiro. Em 1994, antes de Senna falecer em um trágico acidente de F1 na pista de Ímola, ele trabalhou em conjunto com a Ducati para desenvolver uma edição especial da 916, a superesportiva da marca na época. Curiosamente, ele também era proprietário de uma Ducati e um motociclista experiente. A versão mais recente contou com alguns ajustes baseados no acerto definido para a primeira.

Ducati 916 Senna2  2

Ducati 916 Senna

As especificações técnicas permanecem majoritariamente inalteradas em relação à Panigale S, ou seja, o motor é o já conhecido bicilíndrico em L, com comando Desmodrômico, refrigeração líquida, 1198 cm3, 13,5 kgf.m de torque e 195 cv de potência declarados pela fábrica. A parte eletrônica também é completa, com suspensões reguláveis através de comandos nos punhos, controle de tração regulável e freios ABS. O peso cheio é de apenas 190,5 kg.

 

LEIA TAMBÉM:

  • leonardo fernandes

    não sou fã de esportivas pq não gosto de pilotar deitado,
    nem com o garupa em cima das costas, me jogando contra o tanque.
    sem dizer que elas quase nao esterçam e a carenagem esconde a ALMA
    da moto, ou seja, o motor.
    mas reconheço que uma Panigale dessa aí é linda, bem como as MV
    AGUSTA F3, F4, CORSA CORTA e a BMW S1000RR, citando as super bikes.
    e elas são o máximo em tecnologia.

  • Tabajara – São Carlos – SP

    Linda como a versão anterior.
    Para por na sala, não na garagem.

  • Cristiano

    Ferrari da Motos! Arte sobre rodas!